Desventuras em Série – 1ª Temporada (Crítica)

desven

Há algum tempo atrás (Janeiro/2017) a ‘Netflix’ disponibilizou em seu imenso ‘mundo de séries’ uma adaptação da saga ‘Desventuras em Série’ escrita por Lemony Snicket pseudônimo do autor Daniel Handler , anos após sua adaptação para o cinema em 2004, tendo em seu elenco o ator Jim Carrey.

E como já era de se esperar, acabo de terminar a primeira temporada depois de sete meses do lançamento da série. Ela conta com apenas 8 episódios adaptados dos 4 primeiros livros da saga, foram exatamente dois episódios por livro. Categoricamente bem distribuídos.

Resultado de imagem

Como nos livros, na mais ‘nova’ série é narrada as desventuras dos órfãos Baudelaire, Violet (Malina Weissman), Klaus (Louis Hynes) e Sunny (Presley Smith), que em algum momento depois de perderem seus pais em um terrível acidente passam a morar com um tio meio peculiar, tanto no seu modo de se vestir, na maneira de falar, e até mesmo o jeito sorrateiro de andar. Seu nome ? Conde Olaf (Neil Patrick Harris), que ao decorrer da série está muito mais interessado na herança do que no bem estar das crianças. Sr. Poe (K. Todd Freeman) é quem cuida das crianças e as leva para Olaf logo no começo da trama.

A série tem uma realidade meio ‘rabiscada’ que não nos permite saber a época ou algo assim, ao mesmo tempo que as coisas parecem atuais elas se tornam antigas dando a entender que é um mundo ‘meio’ paralelo ao nosso. Todo o cenário foi bem construído e combina perfeitamente com cada parte da história contada pelo narrador Lemony Snicket (Patrick Warburton), cada personagem tem uma característica bem explicita e fica fácil de identificar quem é quem, fazendo com que isso se torne um charme dentro do contexto que está sendo mostrado ali.

desve

A série teve como produtor-executivo um dos responsáveis pelo longa da ‘Família Adams’ em 1991, Barry Sonnenfeld oque com certeza deu todo ‘up’ na série.

A adaptação ficou muito fiel se você comparar com cada livro usado nessa primeira temporada, cada fala ou situação fizeram com que lembrássemos de cada momento relacionando automaticamente com trechos dos livros (para quem leu a saga). O Conde Olaf se tornou um dos maiores vilões já vistos em histórias infantis, ficou bem mais claro e em evidencia na série. Alguns personagens foram consequentemente criados só para a série e outros apenas readaptados com perfeição.

Um dos maiores fatores que me levou a continuar a assistir foi a introdução contagiante que sabe como ‘interagir’ com o público :

Somos avisados durante todos os episódios para não olhar, trocar o canal, assistir a outra coisa, pois a história daquelas crianças é tão triste que vai estragar seu dia. Isso faz com que todo o potencial da série cresça e nos deixando de olhos abertos a espera do próximo desastre querendo que um dia isso tenha um final feliz para os Baudelaire.

desventuras-em-série-agambiarra-3-1

O jeito que temos que aprender a lidar constantemente com morte, perda e pessoas ruins tentando fazer mal a crianças é extravagante. Mas gosto de como eles colocaram Violet, Klaus e Sunny na história, eles não se fazem de ‘inocentes’ em momento algum e quando surge alguma situação meramente desconfortável tentam de um jeito ou de outro resolver.  O narrador faz questão de avisar desde o principio que os momentos felicidade na vida das crianças Baudelaire são sutilmente breves e poucos.

lemony-snicket-netflixIndependente da saga ser exclusivamente para crianças e adolescentes, a série conseguiu atrair um público que jamais tinha atraído. Todas as tramoias fazem com que adultos e jovens assistam cada etapa dessa história e queira acompanhar sem parar. É de fato uma série extremamente cativante e eu mal posso esperar para ver a segunda temporada, afinal a primeira não terminou de um jeito muito bom para os órfãos Baudelaire. Acho que já deveria ter me acostumado com isso ! [SPOILER] Jacquelyn reaparecerá ? Será que finalmente vamos saber o histórico de Lemony Snicket com Conde Olaf e a organização secreta ? Qual será o desfecho desse segredo ? Os Baudelaire ficaram vivos até o fim ?

 Assista ao trailer dublado :

Desventuras em Série é tratado como um verdadeiro infortúnio, mas isso seria se você deixasse de acompanhar cada momento da vida das crianças Baudelaire. Não escute os avisos, não desista, afinal a sua vida pode parecer menos pior depois disso.

desventu

Espero que vocês tenham gostado do post, recomendo fortemente que vocês assistam essa série. Você já assistiu ? Deixa ai em baixo oque achou e quais foram suas primeiras impressões !

Um comentário sobre “Desventuras em Série – 1ª Temporada (Crítica)

Comenta ai :]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.