Tudo o Que Você Quiser! (P!nk – Whatever You Want)

Indo em direção ao Pop Rock, P!nk lança mais um single promocional para promover seu próximo álbum, “Beautiful Trauma“, e dessa vez é uma faixa bem nostálgica, com um som meio 2010, meio “Fucking Perfect“.

Parece que a cantora está tentando voltar ao seu ano de maior sucesso, trazendo uma sonoridade bem característica da P!nk que conhecemos lá em meados de 2010. A música é linda, instrumental maravilhoso… o problema é que não há mudança nenhuma em seu estilo.Resultado de imagem para pink beautiful traumaA sonoridade é aquela coisa bem 2010, como eu já falei, sendo composta de violão, sintetizador, bateria e voz, criando um instrumental bem pesado com batidas bem fortes. Os vocais estão maravilhosos como sempre, trazendo um clima meio nostálgico e triste, pois a música se comporta mais como uma balada do que qualquer outra coisa.

Ao que tudo indica, o álbum todo vai ter essa mesma pegada de Pop Rock que já conseguimos identificar em todas as faixas que foram disponibilizadas. Esse fato mostra que o disco não será algo experimental, mas sim algo trabalhado para manter todas as músicas em uma mesma vibe.

Resultado de imagem para pink beautiful trauma photoshoot

Pelo o que eu entendi, a canção descreve um fim de relacionamento. P!nk fala que não há o que fazer quando chega a hora, apenas aceitar que tudo acabou. A música fala também sobre não insistir no erro de continuar tentando fazer dar certo, pois quando não é pra ser, não vai ser.

Nota: 3,5/5.

Ouça:

Comenta ai :]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.