Kurt Cobain: Montage of Heck | Resenha

Que Nirvana foi uma das maiores bandas de Grunge Rock da história, todo mundo sabe, as pessoas leigas tem um breve conhecimento sobre a trajetória da banda e apenas sabem que Kurt se matou de uma forma trágica, com um tiro de espingarda, o que chocou muito, tanto os fãs da banda, quanto as pessoas que conheciam o Nirvana superficialmente.Resultado de imagem para Kurt Cobain: Montage of HeckO documentário mostra a trajetória de Kurt Cobain, desde sua infância, adolescência até a vida adulta, com filmagens caseiras cedidas pela família e amigos do vocalista. O filme ainda contém relatos de pessoas próximas de Kurt, como sua ex namorada, que foi de grande importância para que ele pudesse alcançar seu sonho de fazer música para um público maior.

Kurt Cobain: Montage of Heck, diferente do que a mídia apresentou para o mundo, mostra um Kurt Cobain humanizado, diferente dos documentários que se focam no estrelismo dos artistas públicos. Aqui podemos ver nitidamente a construção de um humano que está fadado a um fim precoce, pois desde pequeno o vocalista teve de lidar com rejeições, principalmente por parte da família.

Em diversos momentos é dito que kurt foi uma voz para sua geração, com suas letras e  músicas de arranjos pesados. Cobain inspirava os jovens, fazendo com que eles gritassem toda a sua raiva, porém, ao mesmo tempo que o cantor servia de exemplo, a frustração crescia dentro de si, pois ele nunca quis ser nenhum tipo de imagem fabricada, apenas tinha a necessidade de fazer música. Kurt sempre tentou deixar isso bem claro, mas não ouvido.
Imagem relacionadaO documentário explica com relatos, desenhos, gravações, de áudio e vídeo, o porquê Kurt Cobain era um indivíduo autodestrutivo, sem culpá-lo por tal fato. Não chega a ser uma biografia, pois esse deixa de apresentar muitos fatos importantes da vida do cantor. O auge do longa é quando Kurt tem de lidar com a crítica e a mídia, que atacavam sua família, principalmente sua esposa, Courtney Love. O estado só se agravou ao nascimento de sua filha, Frances Cobain, a crítica conseguiu transformar a vida pessoal dos cantores em um inferno judicial.

É um filme interessante para começar a saber mais sobre a vida do vocalista, mas não sobre o desenvolvimento da banda. Acredito que o objetivo deste documentário foi mostrar como a vida de Kurt Cobain foi trágica, desde seu início, tendo um agravo em seu auge.

Nota: 7,8/10.

Assista ao trailer:

Disponível no catálogo Netflix.

2 comentários sobre “Kurt Cobain: Montage of Heck | Resenha

Comenta ai :]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.