Crítica | Paramore – Paramore | Álbum

A banda americana formada no Tennessee sempre foi muito apta à mudanças, principalmente quando perdeu dois de seus principais integrantes, os irmãos Farro. Tal perda gerou muita influência sobre o futuro da banda, lá em 2013, Paramore deixou o Rock’n’Roll de lado para entrar em uma onda mais popular, mais atual, sem toda aquela coisa de Emo, etc.

PARAMORE PARAMORE.jpgO disco de 2013 trás uma nova versão da banda, desta vez repaginada e bem mais colorida. Seus instrumentos não mudaram tanto, é a mesma guitarra de Taylor e o mesmo baixo de Jeremy, que desta vez está mais presente em cada canção do disco, uma coisa bem “Red Hot” mesmo, conseguimos ver a diferença melódica já na primeira faixa, “Fast In My Car“.

As músicas presentes aqui estão mais joviais, quase como se quisessem celebrar a vida e gritar bem alto “ESSE É O NOVO PARAMORE”. Mesmo com todas as mudanças de estilo, em momento nenhum deixou de ser completamente original. Lembrando que esse é o quarto álbum da banda, o que costuma dar errado para os outros artistas, pois geralmente é no quarto trabalho que o artista precisa dar uma mudada em seu estilo e pular pra outra, e parece que a banda conseguiu tal feito sem perder a qualidade.Resultado de imagem para paramore paramore photoshootHayley e Taylor realmente mostraram que sabem de composição, o que é bem nítido se olharmos para toda a discografia da banda, que conta com músicas 100% autorais, todas muito sinceras quanto aos sentimentos dos membros. O álbum, em questão de letras, é um passo certeiro em direção à era “After Laughter“, usando da ironia para abordar temas sérios, buscando dentro de si as palavras certas para concluir suas composições.

Em “Paramore” isso não foi diferente, na verdade foi até melhor. O álbum começa com “Fast In My Car” e “Now“, ambas que falam sobre a mesma coisa: mudança. A banda fala sobre seu último período, antes da composição do disco, esse que possui dezessete faixas, contando com os interlúdios, realmente muita história para contar, como na faixa “Part II“, onde Hayley fala sobre como é triste ouvir seus antigos discos e lembrar de Josh.

Dentre tudo o que o álbum aborda, temos como principais pautas a mudança, o amadurecimento, o amor, a esperança, a falsidade e muito mais. Quando o assunto é composição, a banda realmente nunca nos decepciona.Resultado de imagem para paramore 2013Dentre as dezessete faixas presentes no disco, as três que mais o descrevem são:

Now, que foi o primeiro single dessa nova era. A música aborda o futuro da banda, dizendo que é melhor deixar o passado para trás e seguir a diante com o que é importante.

Ain’t It Fun, que é sobre aquela pessoa que parece não crescer, achando que o mundo é uma grande creche para suas criancices. Hayley disse em uma entrevista que escreveu a música para si mesma, pois ela estava sentindo auto-pena, o que é deprimente.

Last Hope, uma das baladas do disco. A música é sobre a incerteza que temos de tudo, e quanto mais forçarmos para que as coisas aconteça como a gente quer, mais elas mudam de rumo, então temos que apenas deixar acontecer.Imagem relacionadaConsiderações finais: Não posso dizer que esse é o melhor disco da banda, pois cada álbum é uma obra de arte diferente, mas tenho absoluta certeza de que “Paramore” foi um disco muito importante, tanto por eles terem o usado de forma confessional, quanto ao fato dele ter feito um grande sucesso, dando à banda seu primeiro Grammy Award pelo single “Ain’t It Fun”. É um álbum muito forte no geral, consegue agradar os fãs de Rock e de Pop ao mesmo tempo.

Nota: ✪✪/5.

Ouça:

iTunes

google musicLink.

Um comentário sobre “Crítica | Paramore – Paramore | Álbum

Comenta ai :]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.