O novo som de David Guetta | “Don’t Leave Me Alone” com participação de Anne-Marie | Crítica

Resultado de imagem para David Guetta ft Anne-Marie - Don't Leave Me AloneApós a dupla de Pop Eletrônico estadunidense, The Chainsmokers, hitar com o single “Closer” que traz como principal elemento o dubstep, vários outros DJ’s decidiram utilizar da mesma formula para popularizar suas músicas. O francês David Guetta não ficou de fora.


O produtor havia utilizado do mesmo artifício em sua colaboração com Sia, “Flames“, que é até gostosinha de se ouvir e não abusa das batidas. ‘Don’t Leave Me Alone’ possui uma marcação contínua com um barulho que imita um xilofone, esse que some no refrão e da espaço ao dubstep. É música eletrônica, difícil se explicar. Ao final entendemos que é mais um hit de balada, com fortes graves de explodir os ouvidos.

Sua letra descreve um casal que está colocando as cartas na mesa, jogando os fatos um na cara do outro. Um fala que precisa da companhia do outro. Basicamente uma releitura da carência emocional.

No todo é uma boa música, mas não desperta a vontade de ser ouvida novamente, diferente de “Flames”, que gruda na cabeça. ‘Don’t Leave Me Alone’ é totalmente eletrônica e dá a sensação incômoda de música sintética de mais, como se o novo fosse ultrapassado.

Nota: 3,8/5. 

Confira o lyric vídeo:

Download.

Comenta ai :]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.