Crítica: Mahmundi – “Para Dias Ruins”

Mahmundi para dias ruins saga das músicasEm 10 de Agosto deste ano Mahmundi lançava seu segundo álbum em estúdio. O primeiro com o selo Universal Music. ‘Para Dias Ruins’ marca uma nova fase na carreira de Marcela Vale, onde a cantora testou novos sons e novas letras, que falam um pouco mais sobre suas experiências e vivências. Este vem com 9 faixas, sendo produzido pela própria cantora junto de Pedro Ivo Souza e Lux Ferreira. 


O disco é bem completo em relação aos gêneros musicais escolhidos. Vai desde o R&B, passa pelo Soul, MPB, se encontra com o Reggae e chega no Dance Pop. Sendo assim podemos dizer que é um álbum, de certa forma, experimental. E ao mesmo tempo é bem completo. Tem música para balada, como é o caso de “Imagem”, uma das melhores do disco, e baladinha pensativa. EX: “Alegria” e “Tempo Para Amar”.

É um trabalho com muita produção em cima dos instrumentais, que misturam os loopings do sintetizador aos baques da bateria e o doce som do piano e da guitarra elétrica, lembrando um pouco o seu primeiro disco homônimo, que trabalhava com o Rock nostalgico. Este tem um foco maior em músicas relaxantes e mais calmas, nem mesmo sua faixa mais agitada é tão barulhenta.

‘Para Dias Ruins’ tem algumas possíveis leituras. Você pode, por exemplo, ouvi-lo quando se sentir triste, tendo um foco maior nas faixas mais neutras. É um álbum que trabalha muito com a positividade, como o amor. É nitidamente um novo amor que Marcela está vivendo e quer registra-lo para que daqui há 10 anos ainda se lembre.

Mais da metade de seu álbum é dedicado à este amor, com poesias sobre o sexo, sobre a descoberta de um novo amante e o carinho que é dado de ambos os lados. Algumas outras faixas são dedicadas à sua maturidade como pessoa, por exemplo, enfrentar desafios. A mudança de cidade e a saudade de casa, além da sua jovialidade, são assuntos recorrentes.

Considerações finais: é um trabalho que não teve a menor pretensão de ser um destaque comercial. Mahmundi dedica suas letras ao seu eu interior, com muitas baladas românticas voltadas à alguém especial. São letras sinceras, mas estão em sua grande maioria, outros assuntos estão em segundo plano, dando a entender que o foco de sua vida é o relacionamento que está vivendo. Ao mesmo tempo se percebe vários temas em segundo plano, como sugerem os títulos das faixas. Um álbum doce e poético.

Nota: 4,8/5.

Ler também: 5 Músicas para conhecer Mahmundi

Ouça:

Faça Download:

iTunes

Comenta ai :]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.