Crítica: Jão – “Lobos” | Conheça Sua Essência

Após dar inicio as divulgações de seu novo álbum com o singleVou Morrer Sozinho‘, Jão não esperou muito para lançar seu tão aguardado debut na integra, na madrugada do dia 17 de agosto, disponibilizou todo seu conteúdo por meio de plataformas de streaming. Contendo exatamente dez faixas o disco promete mexer com o mercado do pop nacional!

Não pensem que eles fez isso se nós deixar com uma “pulga” atrás da orelha. Poucas horas antes do lançamento, ele postou um trailer do álbum em seu canal no Youtube cheio de ‘enigmas’:

Junto ao estúdio Head Media em parceria com a Universal Music, Jão finalmente “deu à luz” a um álbum totalmente autoral, fazendo um compilado sobre as confusões de sua mente e, o questionamento do porque não dizer certas coisas aos ‘seres humanos’. O cantor declara ligações ao cotidiano comum de cada cidadão, dores, inseguranças e até mesmo desejos internos – algo mais sentimental.

Lobos traz consigo letras angustiantes e totalmente verdadeiras, chegando a refletir muitas experiências vivenciadas pelo próprio artista. Com tudo, as faixas são despejadas ao som do melhor pop nacional e misturadas a algumas sonoridades diferentes como o já conhecido tecnobrega, que acaba por percorrer o álbum todo. Explorando assim, a versatilidade do cantor com diversos gêneros musicais.

  • Todas as coisas que eu odiava em mim quiseram vir pra cima. Só que, em vez de suprimir tudo mais uma vez, eu resolvi botar para fora cantando. […] No meio dessa confusão de juventude e sofrimento, foi estranho perceber que essas coisas que um dia tentei esconder de mim por tanto tempo, mesmo que não tão bonitas assim, eram minha verdade mais pura e fazem parte do que realmente sou.” – diz Jão via Instagram

Jão "Lobos"

Na melancolia de um amor esquecido e caminhando junto a frustrações Jão eleva o tom do álbum, sofrendo sem se importar muito com nada expressa de forma clara e objetiva sua preocupação com o fato de ser deixado para trás (cair no esquecimento) e o quase medo de desapegar de algo que já “foi o maior amor do mundo“. Nesse conceito, faixas como: Me Beija Com Raiva, Ainda Te Amo e Eu Quero Ser Como Você, cumprem o papel para qual foram destinadas.

Lobos apesar de todo o rumo triste e sagaz traz algumas faixas mais alegres, um exemplo disso é a canção “Lindo Demais” que começa aos gritos exaltando o amor genuíno, que ambas as partes tem um pelo outro. Podendo ser interpretado de diversas formas, tanto como um relacionamento homoafetivo quanto um relacionamento heterossexual já que o cantor evita usar pronomes.

O famigerado debut também traz músicas sobre liberdade, as faixas “Lobos” e “A Rua” onde o cantor nos conduz a refletir sobre seguir e não ficarmos presos em situações embaraçosas ou em nossas vidas monótonas, apenas viver, viver e viver. O quesito empoderamento também está presente, principalmente na canção “Monstros” onde ele resume de maneira fantástica o processo de amadurecimento entre o antigo e atual Jão, que envolve o medo de arriscar e de trocar aquilo que já se conhece bem por algo novo e consequentemente maior. A mensagem que fica ao longo de tudo é a de ‘evolução’, nos transmitindo então, uma certa paz interior com força para lutar pelo o que queremos sem nos deixar acomodar!

Imagem relacionada

Considerações finais: Jão ao longo das suas dez faixas mostra um trabalho totalmente diferente do que a maioria está acostumado a ouvir nas rádios nacionais, nos serviços de streaming, entre outros. O álbum começa com inseguranças e uma melancolia absurda e ao final não existe mais isso, o poder de superação que toma conta do disco é surreal nos deixando boquiabertos com tal feito. As letras acabam por se repetir algumas vezes, mas nada que desmereça o trabalho feito por cima de todas as canções, que desde o começo vem nos mostrando um significado genuíno sob a voz de Jão que ecoa como algo mais orgânico e original.

Tem alguma sugestão ? Entre em contato com a gente por meio da nossa página do FacebookSaga Das Musicas

Nota: 3,8/5.

Faça Download:

iTunes

Link

Anexo: Se você segue o nosso blog e quer divulgar o seu trabalho ou nos contactar, mande mensagem em nosso e-mail: didasilva123@hotmail.com ! Analisaremos com carinho o seu conteúdo.

 

2 comentários sobre “Crítica: Jão – “Lobos” | Conheça Sua Essência

Comenta ai :]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.