Análise: Primeiro “Xou Da Xuxa”

Imagem relacionadaXuxa foi uma figura muito influente no meio infantil lá nos anos 80. Começou sua carreira como apresentadora da Rede Manchete de televisão, onde apresentava o Clube Da Criança, desde 1983. Foi então que a Rede Globo a contratou, retirando-a da Manchete e criando seu próprio programa infantil. Para ilustrar seu show, foram compostas cerca de 10 faixas que entraram para o LP. Foi investido muito neste trabalho, que teve como compositores, nada mais, nada menos do que Rita Lee, Frejat, Guto Goffi, Evandro Mesquita e Patrícia Marx. Foi então que em 1986, com a produção impecável de Guto Graça Melo, foi lançado o primeiro “Xou Da Xuxa”.


Sendo um álbum infantil, o estilo musical utilizado foi o Pop Rock, que estava muito em alta na época. O foco era manter as crianças ouvindo o disco o dia todo, então Guto encheu o álbum de canções bem enérgicas e dançantes. Há algumas baladas, focadas em personagens infantis, mas só para quebrar um pouco o clima, e logo logo surge outra música como ‘She-ra” onde a criançada podia sair pulando pela casa novamente.

A voz de Xuxa não é algo que se destaca tanto, já que ela na verdade não é uma cantora. O produtor disse que foi um pesadelo gravar este disco, já que Xuxa teve de repetir centenas de vezes CADA UMA DAS FAIXAS até ficar bom. E no final ainda é cheio de vozes infantis, para preencher os vocais.

‘Xou da Xuxa’ foi todo pensado para o seu programa, já que era lá que a apresentadora iria divulga-lo. Canções como “Peter Pan”, “Turma da Xuxa”, “Amiguinha Xuxa” e “She-ra” foram escritas para o programa de auditório e para os desenhos que passavam nele, como uma espécie de música tema. Outras faixas como “Doce Mel” (que é simplesmente a melhor de todo o disco), “Meu Cãozinho Xuxo”, “Quem Qué Pão”, entre outras, não estão atreladas diretamente com o Xou da Xuxa (programa), mas são excelentes músicas.

É interessante citar que a cantora foi extremamente sexualizada nos anos 80, até a virada dos anos 90. Suas capas sempre tem um tom provocativo, com poses sensuais ou com roupas decotadas estrategicamente. O motivo para isso – se é que há um – é que geralmente a capa chamava a atenção dos pais, que se encantavam por Xuxa e compravam o LP para seus filhos.

Ouça:

Faça o Download. 

6 comentários sobre “Análise: Primeiro “Xou Da Xuxa”

  1. Bom, eu creio que essa questão da sexualização é algo bem relativo, uma vez que depende muito da cabeça ou até mesmo da educação tem que ver. Eu fui criança nos anos 80 , adolescentr nos anos 90;sempre acompanhei a Xuxa. Tenho todos os LPs , inclusive esse que é o assunto do post, e sinceramente nunca enxerguei essa sensualidade ou qualquer outra coisa que levasse a uma conotação de cunho sexual. Se formos ver por esse lado, muita coisa nos anos 80 tinha essa questão em volta, ou vocês já se esqueceram do desenho “She-ra”?Nunca olharam o uniforme dela? E o corpo? Altamente influenciado pelo padrão de beleza da época! As pernas da She-ra ficavam bem a amostra, mas a maioria de nós nunca prestou atenção a isso, até porque a criança de nossa época tinha outra cabeça,já as de hoje…enfim. Bem, mas finalizando, isso é muito relativo. Adoro as capas de todos os discos.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Na verdade isso é só um ponto que levantei. Os ensaios fotográficos são um tanto quanto sensuais sim, dá pra ver nas fotinhas que ficam atrás dos discos. Eu escrevi recentemente uma matéria sobre a nova She-ra em relação à antiga e como esta está menos sexualizada.

      Curtir

Comenta ai :]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.