Resenha: “Naomi & Ely e a Lista do Não Beijo” – O filme LGBTQ+ que você estava esperando

Resultado de imagem para naomi e ely no kiss list gay sceneVocê provavelmente já escutou, ou proferiu as seguintes palavras: “filmes lgbt são todos focados em descoberta ou em tragédias e sempre tem um final deprimente”. Frase essa que fez muito sentido durante anos, mas como hoje em dia o tema está cada vez mais aberto, estão surgindo muitos filmes super divertidos sobre o tema.

‘Naomi & Ely e a Lista do Não Beijo’ é uma prova concreta disso. Dirigido por Kristin Hanggi, o filme estreado em 2015 é inspirado no romance de mesmo nome escrito por David Levithan. Este conta a história de dois melhores amigos que moram no mesmo prédio, Naomi e Ely. Os dois desde jovens começam um diário com vários nomes de pessoas que ele jamais podem beijar na vida! A amizade deles é colocada em jogo quando ambos se interessam no mesmo cara, que está indeciso em qual caminho deve seguir. 


A começar pelo enredo, é de se esperar que se tratando de adolescentes seja um pouco bobinho de mais, porém adianto que me surpreendi com a história, que explora um cenário fora do colegial, como estamos acostumados. É exatamente o retrato da nossa sociedade jovem, que parece ser decidida, mas está em conflito interno consigo mesmo todos os dias. Ainda é discutido sobre como o conflito dos pais influencia no comportamento dos filhos.

As atuações não são espetaculares, mas também não são horríveis. Victoria Justice, que interpreta a protagonista acaba tendo muitos altos e baixos durante o filme. Quando precisa nos entregar uma personagem mais “mimada” e orgulhosa, a triz se sai muito bem, mas acaba tendo um declínio em todas as cenas de drama, onde seu companheiro de cena acaba lhe dando um banho de atuação. Ainda sim é um de seus melhores papéis em tempos. Só acho que o personagem “Bruce” deveria ser explorado, já que ele é de extrema importância para a história e aparece tão pouco no longa.

É um dos filmes teen mais interessantes que vi em anos! O enredo mostra uma situação bem real dentro de uma relação de amizade. Sempre há controvérsias e brigas. Acredito que boa parte do público conseguiu se colocar na situação criada, por ser algo envolvente e nada tão ridículo, como em “Sierra Burgess é uma Loser“.

Nota: 8/10. 

Assista:

 

Comenta ai :]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.