Top 7 | Melhores videoclipes inspirados filmes

Acham que Ariana Grande foi a única a utilizar referências dos clássicos de Hollywood?

Videoclipes são uma das melhores alternativas quando o assunto é “promoção musical”. As vendas de um single, ou álbum, crescem de forma absurda se o artista conseguir convencer seu público com um bom clipe. De tempos pra cá várias bandas, cantoras e cantores resolveram utilizar a prática audiovisual para promover seus trabalhos.

Vale a pena lembrar que os Beatles foram os pioneiros neste quesito, e alguns se quer queriam gravar vídeos, pois não achavam necessário e bobo, um bom exemplo é o Metálica, que fez muita birra até se render ao uso de clipes. 

Mas hoje vamos ver os melhores clipes que foram inspirados em filmes clássicos da cultura pop.

Thiller – Michael Jackson – 1982

Basicamente um curta metragem. ‘Thriller’ usa várias referências de filmes de terror da época. Podemos citar “A Noite dos Mortos-Vivos” como uma de suas influências. O filme é de 68 e foi dirigido por George A. Romero. ‘Thriller’ foi um marco na história dos videoclipes, sendo lembrado como a salvação da indústria fonográfica, já que seu lançamento aumentou a compra de discos. 

Express Yourself – Madonna – 1989

Madonna é uma artista que gosta de perfeição, e ela paga caro por isso. O clipe de “Express Yourself” é um dos mais caros de sua carreira, custando aproximadamente US$ 9,4 milhões. O vídeo é inspirado na obra de Fritz Lang, “Metropolis”, de 1927.

Fancy – Iggy Azalea e Charli XCX – 2014

Iggy Azalea fez muito barulho em 2014 graças ao seu single “Fancy”. Além de ser um hit bem contagiante, seu clipe foi muito elogiado pelos fãs, já que ele recria algumas cenas do fabuloso “As Patricinhas de Beverly Hills” de 1995. O filme é um clássico da Sessão da Tarde e foi dirigido pela Amy Heckerling.

I’m Glad – Jennifer Lopez – 2002

Além de ser uma balada extremamente gostosa de ouvir, ainda tem um videoclipe super fofo inspirado em outro sucesso da Sessão da Tarde, “Flashdance”. A cantora se parece muito com a protagonista da obra de 83, dirigida por Adrian Lyne. Jennifer recria algumas das cenas do filme, até mesmo a dança final, que é um dos momentos mais icônicos do cinema. 

5º Katy Perry – Chained To The Rhythm – 2017

Katy Perry criou um álbum com muitas referências distópicas, que acabaram passando despercebidas, mas alguns ainda conseguiram capta-las. O primeiro single de “Witness” se chama “Chained To The Rhythm” e seu videoclipe veio para afrontar o governo de Trump. Ele satiriza as obras “1984” de George Orwell e “Admirável Mundo Novo” de Aldous Huxley. Ambas as obras retratam um governo muito severo e autoritário, que também é representado no clipe de Katy, mas com muitas cores pastel e muita dança.

Ariana Grande – Thank U, Next – 2018

Após causar polêmica escrevendo uma canção que cita alguns de seus ex-namorados, Ariana surpreende fãs com um clipe cheio de referências à vários filmes teen que marcaram os anos 90 e 2000. O vídeo de “Thank u, Next” recria várias cenas de “Meninas Malvadas”, “Legalmente Loira”, “De Repente 30” e “As Apimentadas”. 

…Ready For It – Taylor Swift – 2017

Taylor fez muito sucesso com seu álbum “Reputation”, que foi muito bem nos charts, sendo muito elogiado em diversos parâmetros. Sua videografia foi também muito parabenizada. O clipe de “…Ready For It” brinca com o Cyberpunk, trazendo referências da cultura japonesa. O filme que Taylor usou como inspiração é o “Ghost In The Shell” dirigido por Rupert Sanders. O filme é o live-action de um anime de mesmo nome, lançado em 1995. 

Comenta ai :]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.