One Direction – “Take Me Home” | Crítica

Com grandes influências da música dos anos 80 e 90, One Direction brilhou mais uma vez com seu segundo álbum em estúdio, “Take Me Home”

Resultado de imagem para one direction kiss you

Após arrasar os corações das doces britânicas no ano de 2011 com seu debut, “Up All Night”, 1D volta ao estúdio para produzir seu segundo disco. “Take Me Home” teve grande parte das faixas gravadas na Suécia e California. Seu lançamento ocorreu um ano após seu primeiro álbum, também no mês de Novembro. Em sua produção estão envolvidos mais de 10 nomes, incluindo Toby Gad, que já trabalhou com Beyoncé e Selena Gomez.

O disco foi líder nas paradas de sucesso em mais de 35 países, incluindo os E.U.A e U.K, sendo o quarto álbum mais vendido em 2012. 

“Take Me Home” recebeu boas críticas em relação às suas letras, mas os críticos ainda o achavam muito parecido com o “Up All Night”, em relação a ter uma certa imaturidade adolescente envolvida em suas músicas. Também foram elogiados os vocais dos rapazes e como a divisão de vozes está excelente.

O álbum tem uma predominância de Pop Music e Dance-Pop, em alguns momentos Synthpop e em outros um pouco de Rock’n’roll, esse último em menor quantidade. Até hoje a banda é vendida como Pop Rock, mas os poucos elementos do estilo presentes aqui estão apenas nas guitarras e no baixo, pois a sonoridade da banda neste disco está bem Teen.

Imagem relacionada

De fato “Take Me Home” é repleto de músicas bem dançantes, como é o caso de “Kiss You”, “Live While We’re Young” e “C’mom C’mon” (que são ótimas em soar como sucessos do rock dos anos 80), mas também tem ótimas baladas românticas, como por exemplo “Change My Mind” e “Little Things”, que foi uma febre quando lançada. Seu clipe reuniu todos os garotos em um estúdio para falarem sobre como eles são apaixonados pelos pequenos detalhes de uma garota. São grandes semelhanças com boy-bands como NSYNC e Backstreet Boys.

Dentro das composições, temos a participação de ED Sheeran, que aparece duas vezes no álbum. A primeira é em “Little Things” e a segunda em “Over Again”. Os membros da banda só participam ativamente da composição nas faixas “Summer Love”, “Back For You” e “Last Firs Kiss”.

Ler também: Ed Sheeran – Discografia

Suas letras são voltadas para um público bem amplo de adolescentes, pois fala sobre diversos assuntos pertinentes para as jovens apaixonadas. Tem música que fala sobre estar amando, sobre aproveitar os melhores momentos da vida, sobre beijar a menina, sobre fazer de tudo para um amor dar certo… Nada clichê.

De fato é um álbum bem repetitivo e em vários momentos ainda soa como o seu antecessor, mas isso não é um defeito tão grande, porém um fato. “Take Me Home” tem boas canções dançantes, mas o que rouba a cena mesmo são as baladas, que são bem produzidas e muito tocantes, mas ainda assim acabam soando como mais do mesmo.

Nota: 3/5.

Ouça:

Download

Comenta ai :]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.