Ui, que medo… | Billie Eilish – “Bury a Friend” | Análise

Em seu novo single Billie Elish incorpora seus piores pesadelos, fala sobre morte e adolescentes desconstruídos vão à loucura

A nova sensação do Pop alternativo, Billie Elish, começou uma nova era em sua carreira. Na última quarta-feria (30) lançou um novo clipe para sua música “bury a friend”, que estará em seu novo álbum “When We All Fall Sleep, Where Do We Go?”.

A música não é tão convencional, tampouco genérica. Seu instrumental é bem neutro, sem muitos efeitos, apenas bateria e um baixo, com alguns barulhos elatórios enquanto os vocais sombrios da cantora preenchem a melodia. Confesso que não me agradou nem um pouco, além da música ser bem parada, o efeito robótico que é adicionado em sua voz causa certo desconforto.

Sua letra, indo em contraponto, é seu ponto alto. Billie fala sobre sua personalidade destrutiva em meio à algumas metáforas sobre pesadelos. No plano de fundo também há a história de um relacionamento quase tão conturbado quantos seus sonhos, descritos com as seguintes frases: “Pise no vidro, grampeie sua língua. Enterre um amigo, tente acordar. Classe canibal, matando o sol. Enterre um amigo, eu quero acabar comigo mesma.”

Nota: 2,5/5.

Ouça:

bury a friend – Download

Comenta ai :]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.