Crítica: Avril Lavigne – Head Above Water

Já se passaram seis anos desde o último álbum de Avril Lavigne, nesse meio tempo ela superou uma batalha contra a doença de Lyme, o colapso de seu casamento com o Chad Kroeger do Nickelback e até rumores de sua “morte”.

Artista: Avril Lavigne
Álbum: “Head Above Water”
Lançamento: 15/02/2019
Gravadora: BMG

Nota: 6,5/10

Após o hiato de seis anos – sem lançar nada solo, Lavigne retornou ao mercado da música com seu primeiro single e atual titulo de seu álbum “Head Above Water“, que atraiu muitos admiradores da cantora e novos fãs o que não era tão esperado nem mesmo pela própria, em seu lançamento alcançou o topo das paradas musicais cristãs e conquistou o Top 40 do Canadá, transformando assim tudo em um surto generalizado. Na faixa ela busca forças para continuar diante de obstáculos aparentemente impossíveis – “Deus, mantenha minha cabeça acima da água. Não me deixe afogar” clama Avril. É uma canção mais intimista e crua em questão de letra e vocal, tratando do pessoal da cantora e de seus sentimentos.

Leia: NÃO ME DEIXE AFOGAR | AVRIL LAVIGNE – HEAD ABOVE WATER | SINGLE


O álbum logo depois de ser iniciado com a faixa titulo, dá uma volta imensa no que seria o conceito do mesmo. O próximo single – quinta música do disco é “Dumb Blonde“, que acaba por parecer uma versão pobre de “Hollaback Girl” de Gwen Stefani. A voz de Lavigne, rebelde e questionadora da sociedade parece diferente e fica sufocada pelo desejo de estar em evidência total, o que deixa tudo embaraçoso. Então Nicki Minaj surge do nada cantando seu trecho e sai.

Então surge a nona canção do álbum, Goddess. Uma das faixas mais seduzentes do novo disco – “Tempos sombrios, tempos difíceis“, ela canta com um toque acústico. “Eu não sabia quem eu era por um minuto.” Por um momento a canção nos induz a achar que Avril Lavigne está falando sobre a doença de Lyme, mas não, ao invés disso, a melodia completamente emocional torna-se uma canção de amor, confusa com frases inacabadas. “Ele acha que eu sou sexy de pijama“, sussurra a cantora meio a música – “Quanto mais eu sou uma bagunça / mais ele enlouquece.” Mais precisamente nessa faixa não conseguimos enxergar nem um pouco da antiga e raivosa Avril, aquela que não precisava de homens para se sentir suficiente, o que para o ouvinte acaba ecoando “falso”. Seria isso consequência de seu termino precoce e injustificado com Chad ?

Resultado de imagem para avril lavigne head above water


Na sombria e perfeita “It Was In Me“, a velha Avril felizmente volta a tona. Depois de um piano lento e um pouco de sintetizador, ela grita “todo mundo tem uma opinião, mas eu não me importo.” – sim, finalmente conseguimos ouvir a dona do hinário Sk8er Boi voltando.

O álbum termina com “Warrior“, uma faixa que deixou a desejar. Por carregar um significado forte algo parecia estar fora do lugar, talvez força e profundidade no vocal. Quando Lavigne canta “Eu sou um guerreiro“, não pareceu que ela acreditava no que estava cantando, soando de certo modo “meia boca”.

Talvez Avril tenha perdido a nostalgia dos anos 2000, sua voz está levemente mais amadurecida o que é aceitável por tudo que a mesma passou. mas ela nunca aceitou ser “comum” e, é isso que esse álbum é, fruto de uma industria sem inovação. 

Tem alguma sugestão ? Entre em contato com a gente por meio da nossa página do FacebookSaga Das Musicas

Ouça:

Anexo: Se você segue o nosso blog e quer divulgar o seu trabalho ou nos contactar, mande mensagem em nosso e-mail: didasilva123@hotmail.com ! Analisaremos com carinho o seu conteúdo.

3 comentários sobre “Crítica: Avril Lavigne – Head Above Water

Comenta ai :]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.