TOP 3: As Heroínas e suas representações no cinema

REPRESENTATIVIDADE IMPORTA! A CADA DIA QUE PASSA OS CINEMAS ESTÃO DANDO ESPAÇO PARA PROTAGONISTAS FEMININAS SEM ESTERIÓTIPOS MACHISTAS, MAS AINDA HÁ MUITO O QUE CONQUISTAR.

mcu.png

A Indústria Cinematográfica sempre teve os homens em destaque (desde os produtores aos protagonistas) e quando o assunto são Heróis, isso fica ainda mais evidente. Fato é que de um tempo pra cá as personagens femininas têm tomado seu espaço e fama nos longas, além de aumentar o público feminino nas salas de cinema.

A representatividade é muito importante neste gênero principalmente para diminuir o preconceito com as mulheres que gostam de heróis só porque são “sarados e bonitos” e também para as meninas entenderem que elas não precisam ser princesas à procura do seu príncipe encantado. Veja abaixo 3 heroínas que mudaram o rumo dos cinemas.

Mulher Maravilha

gal.png

Diana Price ou Diana de Thesmycira tem origem greco-romana e moldada do barro por sua mãe a Rainha Hipólita na ilha secreta das Amazonas (onde só vivem mulheres) Abençoada pelos Deuses do Olimpo como “Bela como Afrodite, sábia como Atena, forte como Hércules e rápida como Hermes” e mandada a terra para propagar a paz.

Foi a primeira adaptação dos quadrinhos para o cinema de uma heroína como protagonista. Dirigido por Patty Jenkins e  interpretado por Gal Gadot alcançou mais de 800 milhões de dólares em bilheteria. A partir disso, os produtores perceberam que o futuro dos cinemas eram as mulheres.

Feiticeira Escarlate

tmp_cd3a6y_612392bf07a8f85d_infinitywar5ae2817516f33

Feiticeira Escarlate é a nossa querida Wanda Maximoff dos X-Men. Popular entre os fãs dos mutantes e dos Vingadores, Wanda possui o gene  X e é uma das mais fortes entre os heróis da Marvel, podendo alterar e manipular a realidade através da telecinética.

Interpretada nos cinemas por Elizabeth Olsen (neste caso, nas adaptações do MCU) teve papel fundamental em todo o ciclo dos Vingadores, principalmente em Vingadores: Guerra Infinita, sendo a que mais resistiu e lutou contra os poderes de Thanos enquanto todos estavam sem saber para onde recorrer.

Capitã Marvel

brie.png

Carol Danvers veio pra mudar tudo! Nas cenas pós creditos de Vingadores: Guerra Infinita os fãs tiveram a surpresa de que mais uma mulher seria integrada ao MCU. A Capitã ganhou seus poderes após uma exposição a uma explosão de uma nave alienigena, sua fisiologia e DNA foram modificados a partir disto. É a mais poderosa entre todos os Vingadores e possui habilidades como: Superforça, Indestrutibilidade, Absorção e manipulação de energia e Voo ultrapassando a velocidade do som.

Seu filme solo estreou nesta última quinta-feira (7) ambientalizado nos anos 90 e em sua trajetória como heroína. Com ótima recepção do publico (embora alguns boicotes machistas) o filme estrelado por Brie Larson promete mudar o rumo das adaptações da Marvel que encerra seu primeiro ciclo em Vingadores:Ultimato em abril. 


Outras heroínas de destaque do cinema e da televisão: Okoye, Jessica Jones, Tempestade, Supergirl, Vampira, Batgirl, Mulher-Gato, Mera, Canário Negro, Lince Negra, Mulher-Gavião, Nebulosa, Gamora, Shuri, Valkyrie, Viuva Negra, etc.

Deixe nos comentários qual personagem feminina ou heroína influenciou os cinemas!

2 comentários sobre “TOP 3: As Heroínas e suas representações no cinema

Comenta ai :]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.