“wish you were gay” – Billie Eilish: Narcisismo? | Análise

Billie mistura dois estilos bem distantes e cria um mix bem homogêneo, enquanto canta sobre não saber ser rejeitada

Resultado de imagem para billie eilish wish you were gay

Produzida por FINNEAS, “wish you were gay” está confirmada para seu novo álbum “When We All Fall Asleep, Where Do We Go?”, que está previsto para ser lançado no final deste mês.

A faixa se inicia com uma melodia acústica ao som do violão, uma espécie de Folk. Ao fundo ouvimos uma plateia, como se a cantora estivesse apresentando um show de stand-up musical. O refrão é bem forte e eleva a canção a outro nível, com batidas moderadas e com mais vocais inseridos. Depois a música ganha uma pegada bem Hip-Hop e segue assim até o final enquanto Billie esbanja um vocal bem dramático.

Sendo a rainha das composições aleatórias, Billie já cantou sobre pesadelos e tudo mais, e agora escreveu uma canção sobre um momento muito específico de sua vida. Quando um pouco mais nova, Billie se declarou para um garoto que gostava, mas ele a rejeitou. Ela se sentiu muito mal e procurou motivos para essa rejeição, deduzindo e desejando então que ele fosse gay. Irônicamente, o garoto realmente é gay.

É uma letra engraçada, mas decepcionante. Um pouco narcisista e com um teor, um pouco baixo, de homofobia. Além do fato de que a canção não se encaixa com o clima do primeiro single que ela lançou “Bury a friend“. Quero só ver como esse álbum vai ficar.

Nota: 3,8/5.

Ouça:

Um comentário sobre ““wish you were gay” – Billie Eilish: Narcisismo? | Análise

Comenta ai :]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.