TOP 9 – Músicas para chorar até o nariz entupir

Ta querendo botar tudo pra fora, mas precisa de uma trilha sonora para dar àquela extravasada? Então vem com a gente!

Related image

Nada melhor do que dar uma boa chorada quando estamos meio para baixo não é mesmo? Uma boa balada acompanhada de piano, um conjunto de cordas ou um violão sempre ajuda nessas horas! Por isso nós do blog Saga das Músicas iremos incrementar sua playlist com algumas músicas de bad!

1 – She Used To Be Mine – Sara Bareilles

Com um instrumental tocado ao piano, a balada de Sara fala sobre um amor perdido. A cantora lembra com o máximo de detalhes possíveis como costumava ser a sua amada, e que agora é apenas mais uma pessoa que ela conheceu. Se analisar a letra mais atentamente, soa como se Sara estivesse cantando sobre si mesma.

2 – The End Of Love – Florence + The Machine

Tocada ao piano, com uma linda construção vocal, sua letra fala sobre sentir o vazio do amor, que obriga as pessoas a entrarem em relacionamentos apenas para preencherem essa parte que elas sentem faltar. A música ainda trás referências ao suicídio da avó de Florence.

3 – Lonely Weekend – Kacey Musgraves

Trata-se de um Country Pop bem gostoso, mas um tanto quanto melancólico. Suas notas despertam um sentimento um pouco triste. Sua composição fala sobre sentir-se sozinho quando chega o fim de semana superando um término. Bem fossa.

4 – Into Me You See – Katy Perry

Também acompanhada de piano, a canção Pop de Katy exibe vocais apagados e dramáticos. A cantora fala sobre estar tão farta de ser machucada pelas pessoas, que construiu uma barreira sentimental, que só seu verdadeiro amor conseguiu quebrar para entendê-la melhor.

5 – Tell Me How – Paramore

A canção possui uma incrível variação vocal entre grave e agudo, acompanhada de piano e guitarra. Hayley canta sobre estar lidando com um término doloroso, no qual as coisas não foram bem resolvidas, mas ela não consegue contatar seu ex, pois ele sempre a responde com seu silêncio.

6 – Numb – Sia

Sia sempre foi uma excelente compositora, principalmente na hora de descrever seus sentimentos. “Numb” é um retrato como se sentia em seu período de depressão, após a morte de seu companheiro. Sua letra fala sobre estar vivendo um dia após o outro sem propósito, criando milhares de maneiras para fugir da dor, mesmo sabendo que ela sempre estará ali.

7 – Half Time – Amy Winehouse

Uma das diversas incríveis canções de Amy. A música foi divulgada após sua morte, e na verdade a parte triste dela é o seu instrumental extremamente melancólico. É um Jazz acompanhado de baixo, flautas, bateria e a incrível voz de Amy. Na letra, a cantora compara instrumentos musicais à suas emoções e fala sobre uma mudança que precisa ser feita.

8 – Wild Hearts Can’t Be Broken – P!nk

A canção segue com um instrumental feito a base de piano e um conjunto de cordas. A voz de P!nk está nua, crua e limpa na música. Seu conceito é simples e pesado, carregando quilos, toneladas de emoções diferentes.  A cantora utiliza sua música como uma forma de protesto à toda intolerância e ódio.

9 – Liability – Lorde

Também acompanhada de piano e voz (só tem piano nessa música galera), a canção de Lorde tem uma pegada clássica, com uma interpretação bem teatral vinda da cantora. O instrumental fica mais alto e mais baixo dependendo da linha que a cantora está cantando, criando um contexto bem Broadway. Sua letra trata de um assunto bem específico: pessoas complicadas de mais para serem amadas por qualquer um.

Comenta ai :]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.