Você Precisa Ouvir: Mariah Carey – Music Box (Análise)

Mariah Carey fazia história em 93 com seu “Music Box”

Mariah Carey 1993 Music Box Crítica Saga Das Músicas
  • Artista: Mariah Carey
  • Álbum: Music Box
  • Lançamento: 31/08/1993
  • Selo: Columbia Records

Faça o Download.

“Music Box” é o terceiro álbum em estúdio da norte-americana Mariah Carey. Este precede o “Emotions” de 1991, que fez um sucesso moderado mundo a fora, por conta de sua sonoridade R&B contagiante, porém segmentada. O álbum permitiu que a cantora tivesse mais liberdade artística, mas isso resultou em uma baixa de vendas.

A proposta para este álbum foi mais visionária, e olha… deu muito certo! A gravadora quis lançar a cantora como uma estrela Pop, mas ainda sem perder sua identidade. Surge então um de seus discos mais aclamados, e mais famoso também. São mais de 40 milhões de cópias vendidas mundialmente. As performances de “Dreamlover” e “Hero” foram indicadas ao Grammy Awards de 1994 e 95.

Enquanto “Emotions” utiliza de influências da música Gospel e do R&B mais clássico, de forma crua, “Music Box” mantém estas mesmas inspirações, só que mais mainstream. É um álbum 70% baladas românticas e 30% músicas agitadas – e isso é fácil de perceber pois este tem apenas 10 faixas.

O “Music Box” é produzido pela própria Mariah, Babyface, Clivillés & Cole, Dave “Jam” Hall & Walter Afanasieff. Tenho que dizer que a produção é perfeita pois cada música é única. Tratando-se de um álbum curto, fica claro que as faixas foram escolhidas a dedo, a fim de não criar um clima repetitivo e chato.

O diferencial do disco é que ele é em sua maioria cantado em um registro mais grave em relação aos dois primeiros. A cantora descreveu seus vocais: “Não é que eu esteja experimentando notas mais baixas. Eu realmente acho que minha voz natural é grave. Minha voz falada é grave, você sabe o que eu quero dizer? E eu estou realmente confortável cantando assim… eu canto do coração. Seja o que for que a música me faça sentir na hora.

Mariah Carey 1993 Music Box Crítica Saga Das Músicas

O disco é aberto com a faixa “Dreamlover”, que se inicia com o sintetizador e um falsete da cantora. Logo a canção ganha corpo e se transforma em um gostoso Pop/R&B dançante. Sua letra fala sobre buscar um amante dos sonhos, aquele que se encaixaria perfeitamente em sua personalidade, pois o eu lírico está cansado de casos rápidos e sem sentimento.

Logo após vem a lendária “Hero”, uma poderosa música sobre empoderamento pessoal. Mariah encoraja seus ouvintes a buscarem sua motivação dentro de si mesmos, afirmando que há um herói dentro de nós.

“Anytime You Need a Friend” possui um grande coral por trás e conta com referências da música Gospel. Sua letra sugere um encontro com deus, afirmando que se você antiver a fé, nunca estará sozinho.

A faixa “Music Box” começa com o som de uma caixinha de música e logo após a faixa começa a ganhar corpo, mas esta não cresce muito, tendo um instrumental contínuo feito a partir do sintetizador. Sua letra segue fazendo alusão à sua religião e Mariah se conforta com a presença de deus em sua vida.

“Now That I Know” possui boas referências da música Disco, mesclando as batidas com os podersos vocais de Mariah. Sua letra é sobre encontrar uma pessoa em que se pode confiar seus sentimentos, sem medo de mergulhar de cabeça neste amor.

“Never Forget You” possui uma carga melancólica regada à Blues, a música cresce bem aos poucos. A música fala sobre o arrependimento de um término de namoro. Mariah tenta superar esta pessoa que foi tão especial em sua vida.

“Without You” é outra balada muito forte de Mariah, uma das mais famosas de sua carreira. Em sua letra, Mariah diz amar tanto alguém, que simplesmente não consegue viver sem ela.

“Just To Hold You Once Again” é uma das melhores canções presentes no disco. Seus vocais são bem trabalhados, mas são simples. Seu instrumental é característico do R&B anos 90. Na letra Mariah se vê sozinha e diz que daria tudo para poder abraçar seu amante só mais uma vez.

“I’ve Been Thinking About You” é outra canção dançante do álbum, esta com características do Hip-Hop. Sua letra sugere uma superação, e Mariah se vê apaixonada por outro cara, que antes era seu amigo, mas agora ela quer algo a mais com ele.

“All I’ve Ever Wanted” é a balada que encerra o disco. Uma das mais bonitas do CD. Os arranjos são ao som do piano e a interpretação de Mariah é impecável. A cantora fala na letra sobre dar mais do que receber em um relacionamento. Mariah ama muito uma pessoa, mas não sabe se é 100% correspondida. E outro ciclo se inicia.

Mariah Carey 1993 Music Box Crítica Saga Das Músicas

“Music Box” é um álbum realmente mais mainstream. Suas letras não são tão complexas e permanecem no mesmo terreno romântico que Mariah se consolidou. É um álbum excepcional para quem curte músicas românticas, mas nada muito além disso.

O disco é montado de maneira inteligente, ao final percebemos que as canções possuem uma certa relação entre si, até mesmo nas canções Gospel inseridas na tracklist. A produção é impecável e mostra a versalidade da cantora como intérprete.

Ouça na íntegra:

Um comentário sobre “Você Precisa Ouvir: Mariah Carey – Music Box (Análise)

Comenta ai :]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.