A Saga De Carly Rae Jepsen – Discografia

Ela é mais do que apenas “Call Me Maybe”, Carly Rae Jepsen é uma artista Pop de verdade!

A canadense Carly Rae Jepsen nasceu em 21 de Novembro de 1985, o que faz dela uma escorpiana! Após participar do programa canadense de talentos “Canadian Idol”, já com seus 22 anos, Carly conseguiu um contrato com as gravadoras Fontana e MappleMusic, por onde ela lançou seu primeiro disco de estúdio “Tug Of War“.

Discografia: Carly Rae Jepsen - Tug Of War

Lançado no final de Setembro de 2008, “Tug Of War” foi comercializado apenas na America do Norte, vendendo cerca de 100 mil cópias ao todo e 10 mil delas foram no Canadá.

Seu estilo é bem voltado ao Folk. É um álbum que tem muito violão, mas sua produção lhe dá características do Pop Rock. Os produtores são Josh Ramsay e Ryan Stewart.

Os singles foram: “Sunshine on My Shoulders”, “Tug of War”, “Bucket” e “Sour Candy”. (MP3)

Carly não chamou tanta atenção em seu primeiro álbum, o que rendeu a ela a sua saída da MappleMusic. Entretanto a cantora conseguiu um contrato com a 604 Records. A gravadora acreditou em Carly e decidiu lançar um EP chamado “Curiosity“.

Discografia: Carly Rae Jepsen - Curiosity EP

O EP foi lançado em Fevereiro de 2012 e conta com 6 faixas. A gravadora estava claramente tentando transformar Carly em uma estrela Pop, e por conta do single “Call Me Maybe”, eles conseguiram!

Desta vez o estilo predominante foi o Synthpop. “Call Me Maybe” simplesmente estourou nas rádios e lançou seu nome ao mundo.

O single alcançou a primeira posição dos charts de vários países diferentes, como o Canadá, Dinamarca, E.U.A, entre outros. Ao todo “Call Me Maybe” vendeu mais de 12 milhões de cópias mundialmente. (MP3)

Com o sucesso do single, a gravadora teve certeza de que já estava na hora de investir mais alto na cantora. Foi então lançado seu segundo álbum de estúdio “Kiss“.

Discografia: Carly Rae Jepsen - Kiss

Lançado em Setembro de 2012, Kiss foi lançado pela Universal Music Group, também pela 604 Records.

O álbum infelizmente não alcançou as primeiras posições dos charts, mas ficou no Top 10 de 7 países.

Com 12 faixas, a cantora segue fazendo o mesmo estilo de música que apresentou no EP. Inspirado em Madonna, suas faixas são bem agitadas e dançantes, com uma produção bem Eletropop. Carly colabora com Justin Bieber na música “Beautiful” e com o gospel Owl City em “Good Time”. O álbum conta com os singles “Call Me Maybe”, óbvio, “This Kiss” e “Good Time”. (MP3)

E após fazer um certo barulho mundo a fora, Carly decide investir em um conceito que se encaixasse mais em sua personalidade. É então que surge a bíblia do Pop atual “E.MO.TION“.

Lançado em Agosto de 2015, “E.mo.tion” é o terceiro disco em estúdio de Carly, onde ela mostrou outro lado de sua personalidade e estilo. O disco teve as influências dos estilos Pop e Folk, tendo como principais inspirações: Robyn, La Roux, Kimbra e Dragonette. 

Infelizmente o disco não fez tanto sucesso quanto seu antecessor, o que foi debatido por críticos, que afirmaram que o flop de Carly era algo inesplicável, uma vez que “E.MO.TION” é um disco perfeito.

Os singles lançados foram: “I Really Like You”, “Run Away With Me”, “Your Type” e “Boy Problems”. (MP3)

Como um presente para os seus fãs a cantora lançou algumas faixas descartadas da versão final do disco. Foi então lançado o EP “E.MO.TION Side B“.

‘Emotion Side B’, como o próprio nome sugere, é a continuação de seu terceiro álbum, contendo canções que não entraram nem na versão deluxe do mesmo. Lançado em Agosto de 2016, este possui um marketing quase inexistente, já que não houve tanta divulgação do mesmo, não há clipes e de primeiro olhar parece um EP de remixes.

Em sua primeira semana o download foi gratuito e este conseguiu, ainda que sem nenhuma forma de marketing, bombar mais que seu álbum. (MP3)

Em Maio de 2019 Jepsen lançou seu quarto álbum de estúdio, chamado “Dedicated“, que contém várias letras que são dedicadas às pessoas que marcaram sua vida.

Resultado de imagem para carly rae jepsen dedicated

“Dedicated” trás uma versão bem adocicada do Synthpop. Seus arranjos são montados para soarem como canções oitentistas, mas Jepsen afirmou que suas reais inspirações foram Donna Summer, ABBA e Bee-Gees. A cantora falou que seu álbum é perfeito para ouvir enquanto arruma a casa.

Além de uma voz única e marcante, Jepsen também possui características bem específicas quando o assunto é composição. A cantora participou ativamente de todas as músicas do álbum. Suas letras são engraçadas e divertidas, tratando de assuntos recorrentes da vida adulta, mas olhando de um ponto de vista bem específico. (MP3)

Carly acabou acostumando mal os seus fãs, que assim que passou a era “Dedicated”, pediram um lado B do disco. Motivada pela quarentena a cantora atendeu os pedidos e lançou seu quinto álbum de estúdio, “Dedicated Side B“, de maio de 2020.

Diferente do “Emotion Side B”, que é um EP, o “Dedicated Side B” entrou para a discografia da cantora no formato de um álbum, o que faz mais sentido pelo fato da obra ter 12 faixas em sua versão comum. A versão japonesa foi lançada com duas faixas a mais, uma delas é “Let’s Be Friends”, canção que Carly lançou antes da pandemia.

A tracklist é composta por canções que, por algum motivo, não entraram na versão final do “Dedicated”, da mesma forma que ocorreu com o ‘Emotion Side B”, que também foi lançado de forma super despretenciosa como um presente para os fãs. (MP3)

Obrigado por ler.

Comenta ai :]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.