Álbuns sobre amor que foram escritos em meio a uma paixão

Quando estamos apaixonados, parece que é só nisso que conseguimos pensar, e estes artistas colocaram todos os seus sentimentos no papél para não esquecê-los.

Katy Perry - Unconditionally (gif)

Algumas vezes um álbum musical é na verdade um recorte da vida do artista que o compôs, e quando ele está apaixonado, o sentimento fica bem nítido em suas letras. É tão mais sincero quando alguém passa um sentimento verdadeiro pela arte. Separei então alguns discos sobre amor que foram escritos durante um momento de paixão do eu-lírico.

01 – True Blue – Madonna

O disco possui composições românticas, fofas e divertidas, mas também fala sobre coisas sérias, como a gravidez na adolescência. Madonna o compôs quando estava apaixonada, e isso é bem nítido quando ouvimos a faixa título do disco, essa que descreve aquele sentimento inconfundível de quando se está amando.

“Eu já tive outros caras
Eu olhei dentro dos olhos deles
Mas nunca tinha encontrado o amor antes
Até você entrar pela minha porta” – True Blue

Leia mais: CRÍTICA: MADONNA – TRUE BLUE

02 – Teenage Dream – Katy Perry

O álbum foi lançado em 2011, quando Katy estava noiva de Russell Brand, e algumas de suas letras foram dedicadas a este amor, como “Hummingbird Heartbeat”, “Teenage Dream” e “E.T”. Ironicamente, após o rompimento do noivado a cantora relançou o disco com mais faixas, e algumas delas falam sobre o término. Ex: “Part Of Me” e “Wide Awake”.

Leia mais: CRÍTICA: TEENAGE DREAM – KATY PERRY

03 – Golden Hour – Kacey Musgraves

O álbum de Kacey possui uma atmosfera apaixonante e nostalgica. A texana fala sobre estar vivendo um novo amor e abandonando as mágoas do passado. Canções como “Love Is a Wild Thing” e “Butterflies” provam isso. Um recorte simples de sua vida, mas feito da maneira correta, “Golden Hour” entra para a discografia de Musgraves como um incrível trabalho experimental e confessional.

Leia mais: CRÍTICA: KACEY MUSGRAVES – “GOLDEN HOUR”

04 – Hearts That Strain – Jake Bugg

O cantor usa seu disco para conversar conosco sobre o amor, que é muito bem retratado em “How Soon The Down“, onde Jake se vê apaixonado e precisa contar ao mundo sobre seus sentimentos. Aqui ele também abriu espaço para músicas mais políticas, que falam sobre violência e pessoas que se esforçam de mais.

Leia mais: CRÍTICA: JAKE BUGG – HEARTS THAT STRAIN

05 – Sweetener – Ariana Grande

Parte de suas letras são dedicadas ao amor que estava vivendo com Pete Davidson, logo temos algumas singelas homenagens ao namorado da cantora. Há até mesmo uma música com o seu nome dentro da tracklist. Ariana também comenta sobre o atentado que sofreu em Manchester, durante seu concerto. Tanto que algumas composições falam sobre como seu caráter mudou depois do ocorrido.

Leia também: CRÍTICA: “SWEETENER” – ARIANA GRANDE

06 – Caution – Mariah Carey

Não tem nem como discordar que “Caution” conta a história de um relacionamento. Mariah está nitidamente apaixonada e precisa expor ao mundo os seus sentimentos mais poéticos em relação ao amor que está sentindo.

Leia mais: CRÍTICA: MARIAH CAREY – “CAUTION”

07 – Para Dias Ruins – Mahmundi

Mais da metade de seu álbum é dedicado à este amor, com poesias sobre o sexo, sobre a descoberta de um novo amante e o carinho que é dado de ambos os lados. Algumas outras faixas são dedicadas à sua maturidade como pessoa, por exemplo, enfrentar desafios. A mudança de cidade e a saudade de casa, além da sua jovialidade, são assuntos recorrentes.

Leia mais: CRÍTICA: MAHMUNDI – “PARA DIAS RUINS”

Comenta ai :]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.