CRÍTICA: O sombrio “TURN OFF THE LIGHT” de Kim Petras

A alemã Kim Petras lançou nesta terça-feira (1) seu disco de Halloween, que além de apresentar músicas sombrias e macabras, com uma produção super pesada, também conta com um lado visual bem interessante e muito creepy!

kim petras TURN OFF THE LIGHT

A cantora lançou mais nove canções que juntam-se às oito divulgadas no ano passado, com o primeiro volume. Logo temos 17 faixas, que rodam em 49 minutos. Na produção temos os seguintes nomes: Aaron Joseph, B Ham, Dr. Luke & Vaughn Olive. O disco foi lançado pela BunHead.

Resultado de imagem para turn off the light kim petras

Após um gigantesco ensaio fotográfico – com fotos dignas de uma obra de horror japonesa – a foto de capa escolhida foi essa mesma (????). A cantora diz amar o halloween e se empenhou muito em criar um conceito bem forte e memorável para essa época tão assustadora do ano.

A produção é bem pesada e só permeia entre o Hip-Hop e o Dance Pop, com uma pegada bem eletônica por trás. Mais ou menos depois da 7º faixa as canções soam um pouco repetitivas.

É o tipo de álbum que funciona a qualquer momento do dia, mas principalmente na balada – o que faz sentido já que o que menos falta no halloween são festas a fantasia com muita música pop chiclete. O som do baixo é muito presente na obra, e no final torna-se um bom diferencial.

O conceito do disco mistura canções instrumentais, com hits pop. As canções são bem genéricas e não passam nenhuma mensagem super importante que vá salvar sua vida de nenhum limbo sentimental, mas com certeza vai te fazer rebolar e muito! Principalmente com os vocais de Kim, que são graves, mas se viram muito bem nos registros agúdos.

As canções falam, em sua grande maioria, sobre sangue, morte, massacre, criaturas do submundo, além de várias referências ao universo do terror, como filmes típicos de halloween. Tudo isso com várias referências aos seus relacionamentos e suas relações sexuais. A mensagem final é basicamente: “transar comigo é tão bom que chega ser algo sobrenatural, cuidado” – parece que as canções foram compostas pela Charli XCX em parceria com a Ariana Grande.

Destaque especial para as faixas “There Will Be Blood”, “Close Your Eyes”, “Turn Off The Light”, em parceria com a Elvira, e “Tell Me It’s A Nightmare”.

6,7/10 – Nota

Ouça na íntegra:

Comenta ai :]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.