“Don’t Smile at Me”: A incrível introdução de Billie Eilish | Crítica

Billie Eilish hoje é uma das maiores artistas da indústria fonográfica e ficou famosa por sua expressão de puro tédio a todo e qualquer momento. A cantora é jovem e muito bonita, chamou atenção por ter uma voz calma e um visual chamativo, além de letras profundas – as melhores escritas pro seu irmão Finneas O’Connell.

A cantora foi introduzida nesse mundão musical em 2016 com o single “Ocean Eyes”, escrita e produzida por Finneas. A música fez, tipo, muito sucesso no Soundcloud (o novo MySpace). E então em Agosto de 2017 Billie lançou seu primeiro trabalho de estúdio, o EP “Don’t Smile At Me”, produzido por seu irmão e Emmit Fenn. A obra foi lançada pela gravadora Darkroom em parceria com a Interscope.

Billie Eilish - capa do ep Don't Smile at Me

Billie tem um estilo muito único, que influencia diversos adolescentes. Ela é uma das artistas mais jovens a conseguir tais feitos na música, desde Lorde com seu álbum “Pure Heroine”. Seus clipes totalmente psicodélicos e bem editados ajudaram a artista a alcançar esse patamar de “adolescente super legal e cult”, que cativou todo esse público jovem.

Seu EP de estréia é sensacional – bem melhor que seu álbum de estréia, diga-se de passagem – e trabalha com diversos estilos musicais, que conversam muito bem entre si. Billie nos entrega um ótimo Pop Alternativo com influências do Hip-Hop Lo-Fi e do Trap. Também temos uma leve pitada de Folk e Rock aqui, mas bem suave mesmo.

A jovem acabou por ser a porta-voz deste estilo, encarregada de espalhar seu estilo musical para o mundo inteiro. É atualmente a cantora que melhor conversa com o público teen.

billie eilish don't smile at me photoshoot

O disco é aberto com “COPYCAT”, que traz um intrumental bem pesado e um refrão de hip-hop poderoso, que entra em constraste com os vocais suaves de Billie. Sua letra reflete aos adolescentes que tentam de todo jeito se enturmar em grupinhos sociais. Billie se coloca no lugar de uma adolescente modelo, que todos gostariam de ser.

O álbum segue com a faixa “idontwannabeyouanymore”, uma balada romântica e melancólica. Esta seria o oposto da faixa anterior, uma vez que o eu-lírico diz estar mentindo sobre como se sente e queria ser mais feliz em relação a si próprio. A cantora descreve a si mesma nos versos.

Logo após vem “my boy”, um R&B bem gostoso que tem uma ótima crescência instrumental. Ela foi usada no quarto episódio da terceira temporada da série Shadowhunters. Sua letra fala sobre esse garoto com quem Billie namora, e este não a ama, mentindo para ela a todo momento. É particularmente minha favorita.

Depois temos “Watch”, uma canção bem otimista com uma melodia alegre e contagiante. É a faixa mais Popzona do EP. Sua letra no entando é um pouco triste, pois mostra a percepção da cantora em relação ao relacionamenro fracassado no qual ela está inserida.

billie eilish don't smile at me alternative cover

“bellyache” é outra canção bem agitada do EP. Essa em questão não está ligada diretamente com o conceito de sofrência adolescente discutida por Billie, mas trás um personagem à obra, um assassino. A música se desenvolve a partir da visão dele.

“Ocean eyes” é o carro chefe da obra e seu instrumental flui perfeitamente calmo. Na letra Billie se vê totalmente apaixonada por esse cara e compara esse amor com o oceano que ela vê em seus olhos. Em paralelo ela se coloca no lugar de uma pessoa que ela machucou sentimentalmente.

O EP é encerrado com a faixa “&burn” em parceria com o cantor Vince Staples. essa é a continuação de “watch”. É uma espécie de continuação, porém os versos são parecidos. Essa versão é mais voltada ao hip-hop.

Resultado de imagem para billie eilish don't smile at me alternative cover

O EP de estréia de Billie Eilish consegue ser mais verdadeiro e intimista que seu disco “When We All Fall Asleep, Where Do We Go?” de 2019. A obra em questão traz vocais mais aprimorados e arranjos instrumentais que emocionam. A cantora usa sua voz de forma ativa e explora suas tecnicas de forma a encantar. As composições são muito maduras e geram uma certa identificação com quem já esteve ocupando esses papéis.

8,8/10 – Nota.

Ouça na íntegra:

Comenta ai :]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.