Crítica: “A História De Um Casamento” não é um filme romântico!

“Marriage Story” é um filme americano de Noah Baumbach que estreou na Itália em 29 de Agosto de 2019, conta com as atuações dos lendários Scarlett Johansson e Adam Driver. Este é inserido no gênero “Drama” e está atualmente disponível no catálogo Netflix.

Resultado de imagem para a historia de um casamento

O filme mostra a vida de Nicole e Charlie, que são casados e tem um filho pequeno, chamado Henry. O casal está passando por uma fase muito difícil, onde não há nenhuma comunicação, além dos desentendimentos por parte de ambos. Neste longa iremos acompanhar o processo de divórcio e como este funciona por parte jurídica.

É uma obra muito interessante, apesar de apresentar uma visão quase que unilaterál sobre a história. Este foca nos dois personagens, mas os fatos são apresentados sob a visão de Charlie. Com o decorrer do longa, percebe-se que ele não é um dos melhores maridos e que Nicole teve, sim, seus motivos para pedir o divórcio, mas a todo momento o filme obriga o telespectador a sentir pena de Charlie, por conta da situação que ele está passando, nos levando a quase detestar Nicole. É o mesmo fenônemo que acontece em “500 Dias Com Ela”.

Resultado de imagem para marriage story

Algo que me chamou atenção, enquanto eu assistia ao filme, é o fato de que não conseguimos saber os pensamentos dos protagonistas, logo a narrativa se torna fria e calculista, além de ser imprevisível. Charlie e Nicole aparecem juntos em diversas cenas, que misturam a intimidade com a raiva que ambos sentem um pelo outro, nos levando a duvidar do amor que um dia sentiram.

Percebi então que o casal não se amava, apenas tinha intimidade por conta do tempo que passaram juntos. Não há nenhum arrependimento e a nem vontade de lutar um pelo outro, apenas a necessidade de chegar a um acordo que favoreça o exercício de paternidade e maternidade, sem que gere sequelas no pequeno Henry.

As atuações são impecáveis e a fotografia é incrível, mas a trilha-sonora não é o forte da obra. Este mostra um caso realístico de separação, que é um processo desgastante e triste. O filme é sim muito emocionante, principalmente no final, onde há àquela pontada de arrependimento por parte de um dos personagens, mas já é tarde de mais para consertar o passado.

7,8 / 10 – Nota.

Assista ao trailer:

Comenta ai :]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.