No Play: Kylie Minogue – “Kylie” (Crítica)

Seguindo com o projeto “No Play”, que serve para divulgar discos que estão no repeat, resolvi trazer hoje o “Kylie”, trabalho de estréia da cantora australiana Kylie Minogue. É com certeza o álbum que eu mais estou ouvindo, além de outras obras da discografia da cantora.

Capa do álbum "Kylie".

Esse disco tem uma historia interessante, pois Kylie Minogue era uma atriz teen, atuando por dois anos na série australiana “Neighbours”. Seu single “The Loco-Motion” foi cantado pela personagem de Kylie durante um dos episódios, e quando foi lançado oficialmente, ficou durante 7 semanas no topo dos charts australianos, sendo a música mais vendida do país na década.

O álbum foi lançado em 4 de julho de 1988, no dia da independência dos E.U.A. O estilo predominante é o Dance Pop, sendo repleto de hits do início ao fim. Produzido por Stock Aitken & Waterman, “Kylie” tem uma sonoridade bem próxima ao que Madonna já fazia, só que com uma pitada mais teen.

Resultado de imagem para kylie minogue photoshoot 1988

Falando um pouco sbre minhas faixas favoritas do disco, vou começar por “I Should Be So Lucky”, que é super gostosinha e fala sobre sorte no amor. É um disco que fala muito sobre relacionamento no geral. Tem até uma versão brasileira cantada pela Simony.

“Got To Be Certain” é a que mais me encanta, por conta dos vocais da cantora. Kylie, no entanto, fala sobre não estar pronta para engatar um namoro e pede para seu parceiro ter paciência com ela.

“Je Ne Sais Pas Pourquoi” tem uma ótima marcação de baixo, além de ótimas batidas. É uma das faixas mais fofas do álbum. Kylie canta em francês sobre estar incerta sobre o amor que sente.

“Turn It Into Love” é bem caricata dos anos 80, sendo bem parecida com “Stay” de Madonna. A música foi escolhida como single promocional lá no Japão. A canção fala sobre transformar os momentos difíceis em amor.

E para finalizar, outra música que eu simplesmente adoro é “Look My Way”, que entra no conceito do New Wave e é bem dançante. Essa fala sobre gostar muito de alguém, mas não ser notado.

A partir deste disco comecei a me aprofundar mais na carreira da cantora. Kylie Minogue é uma artista incrível que precisa ser tão apreciada e aclamada quanto Mariah, Donna Summer, Celine Dión, entre outras. Suas músicas são incríveis e a cada era sempre melhora.

9/10 – Nota.

Ouça na íntegra:

Comenta ai :]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.