Fiona Apple – “Fetch The Bolt Cutters” | Praticando o Desapego

Criada em uma família de artistas na cidade de Nova Iorque – 1977, Fiona Apple já mostrava habilidades de uma compositora fantástica, mesmo aos 8 anos de idade. Sua hora não demorou muito pra chegar e em 1996 lançou seu primeiro álbum em parceria com o ‘Tidal‘.

Ela conseguiu vender mais de 10 milhões de cópias de seus álbuns mundialmente, com direito a um Grammy, além de outras sete indicações ao longo de seus quase, somando ai mais de 20 anos. E depois de 8 anos sem produzir nada, Apple lança o tão comentado “Fetch The Bolt Cutters“, causando um alvoroço completo nas mídias sociais.

Bolt Cutters é o quinto álbum de estúdio de Apple – a última produção assinada por ela foi a obra inédita “The Idler Wheel” no ano de 2012, desde então Fiona entrou numa especie de bolha de preparação para seu novo trabalho, divulgando essa construção em um documentário datado em 2015. A mesma nunca deu grandes pistas sobre, mas passava a maior parte do tempo produzindo em sua casa ou no estúdio ao longo de todos esses anos conforme o documentário.

No titulo do disco Apple faz referência a série britânica “The Fall”, estrelada por Gillian Anderson, onde a personagem pronuncia essa frase quando ela se propõe a investigar o crime de uma mulher torturada. A mesma é um suspense psicológico que acompanha a vida de dois caçadores. O primeiro é um assassino em série que ataca suas vítimas em Belfast, na Irlanda do Norte. O outro é uma detetive recrutada em Londres para encontrar este criminoso.

Fiona Apple – 'Fetch The Bolt Cutters' review

Contando com 13 faixas, o novo álbum de Fiona meio que transmite a mensagem de que mulheres não devem ter medo de falar o que pensam quando se sentirem oprimidas ou coagidas, independente do momento ou local que ocorra. A artista também introduz no conceito, questões sobre rivalidade feminina e sua relação social meio a esse universo.

Nessa jornada por sua sonoridade e conceito, Apple é acompanhada por seu piano, e especialmente para a gravação desse disco a artista convidou o baixista Sebastian Steinberg, o guitarrista David Garza e a percussionista Amy Aileen Wood. Acho que o trabalho de ambos acabou por fortalecer de forma muito positiva o resultado final do mesmo, já que formaram juntos meio a superfícies, um trabalho muito profissional que soa extremamente caseiro e aconchegante.

Fiona Apple anuncia novo álbum, "Fetch the Bolt Cutters", em ...

Podemos chegar a conclusão que as músicas de Apple, pelo menos em sua grande parte acaba soando frio e melancólico, abordando temas como depressão, estresse pós traumático e superação. Mas vindo de uma cantora que passou maus bocados com seu relacionamento abusivo que a mesma define como “caótico” não é surpresa que ela tire alguma inspiração disso e coloque em suas letras. Por mais que seja difícil todo esse processo, devemos ficar felizes por Fiona que agora é uma mulher livre de todo esse ressentimento e magoa passada, em Bolt Cutters podemos ver esse amadurecimento completo.

– “Este é um álbum que transmite a raiva, vulnerabilidade, confusão e sabedoria de uma mulher de maneiras que nunca ouvimos antes”, escreveu um portal de noticias.

O tema mais óbvio abordado e que podemos extrair Bolt Cutters é sua mensagem sobre o aumento do local de fala das mulheres ao ter coragem e garra discursando sobre suas experiências com assédio e agressão sexual nos últimos anos. Sendo a melhor música do álbum, “Under The Table“, consegue passar isso e transmitir com clareza o que a mesma está nos dizendo – “Me chute debaixo da mesa o quanto quiser / não vou calar a boca“, e não é difícil entender que esse é um grito de libertação, pois as mulheres deixaram de ser ouvidas por MUITO tempo, e agora finalmente estão buscando seu lugar meio a sociedade que peca por seu machismo e egoísmo.

ALBUM: Fiona Apple – Fetch The Bolt Cutters [iTunes / M4A] MP3|MP4 ...

Na faixa-título do álbum, o refrão consiste inteiramente na artista falando repetidamente – “Pegue os alicates, estou aqui há muito tempo“. No contexto da música, a letra se torna um apelo geral transmitindo a mensagem para “parar o planeta” porque Apple está exausta de discussões fúteis e sem cabimentos, de ver os humanos machucarem uns aos outros a qualquer sem um razão cabível para tal feito, esse é o momento onde olhamos e nos perguntamos – “isso é realmente necessário?”. Mas, se formos colocar no contexto de uma pandemia em que nenhum de nós estamos podendo sair de nossas casas, acidentalmente se torna muito mais relevante essa mensagem, deixando seus ouvintes perdidos em uma super linha do tempo.

O álbum estava com seu lançamento previsto para Outubro desse ano, mas acredito que devido ao que estamos passando no momento, e toda essa situação do isolamento social fez com que Apple achasse que seria um disco necessário aqui e agora, para ilustrar toda sua sabedoria aos ouvintes da mesma.

Tem alguma sugestão ? Entre em contato com a gente por meio da nossa página do FacebookSaga Das Musicas

O Fetch the Bolt Cutters está disponível em todas as principais plataformas de música, incluindo Spotify , Apple Music.

Um comentário sobre “Fiona Apple – “Fetch The Bolt Cutters” | Praticando o Desapego

Comenta ai :]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.