“Você Nem Imagina” – O primeiro filme teen realmente bom da Netflix? | Crítica

Após criar dezenas de personagens gays secundários em suas tramas, a Netflix finalmente decidiu investir em um filme teen com uma pegada super leve de românce LGBTQ+ bem no estilo realzão mesmo.

Quando pensamos em filmes de romance com personagens gays, a primeira coisa que nos vem à mente é um final triste e solitário, mas o longa “Você Nem Imagina” tenta nos mostrar isso de uma perspectiva mais otimista.

Nota:

7,3

O filme é dirigido e roteirizado por Alice Wu, e conta a história da imigrante Ellie Chiu que mora com seu pai em uma cidade chamada Squahamish. Seu pai, no entanto, está em um período depressivo por conta da morte da esposa e ainda não aprendeu a falar a língua do país.

Ellie tem que se responsabilizar por sua casa, trabalhar e fazer alguns trabalhos para os colegas como forma de ganhar um dinheiro a mais, é então que seu colega Paul Munsky pede uma ajuda, paga, para que Ellie escreva uma carta para a garota que ele gosta – justamente a garota que ELA também gosta.

Você Nem Imagina | Crítica – Sala Crítica

A obra conta com lances de câmera muito incríveis no início, e em algumas cenas onde a protagonista está narrando a história o jogo de câmera dá um super UP, mas isso vai morrendo aos poucos durante o filme. Ainda sim, o longa apresenta uma paleta de cores muito bonita com tons acinzentados e frios que implementam na visão de Ellie sobre a cidade, um lugar cinza e sem alegria.

Em alguns momentos do filme o personagem Paul se sai um protagonista bem melhor que Ellie Chiu. A garota apresenta uma atuação bem amena, com poucas nuances. O ator Daniel Diemer é bem mais carismático, e todas as cenas em que aparece são muito divertidas. O mesmo acontece com Aster Flores.

O filme apresenta um ambiente religioso que não faz a mínima diferença dentro da história. A desculpa para essa igreja existir é para quando a personagem de Ellie se descobrir lésbica, vir àquela dúvida clássica de “será que isso pecado?”, de resto não fede e nem cheira.

Assista o trailer de Você nem imagina, nova comédia romântica LGBT ...

Tirando alguns momentos de vergonha alheia, o filme tem muito tempo de cenas vazias, que são muito utilizadas pelo Studio Ghibli para criar uma identificação maior com o personagem. Tem muitos momentos fofos e divertidos também, mas em determinado momento ele vira uma mistura de “Sierra Burges Is A Loser” com “Paper Towns”.

Ou seja, tem um pouco de cathfishing e muita demora pra chegar no grande objetivo da trama – mas esse consegue ser um pouco melhor. O real background da obra é a descoberta da sexualidade de Ellie e a dúvida se Aster irá retribuir seus sentimentos.

Ainda sim é um filme fora do usual. Desde o início a protagonista diz “essa não é uma história de amor”, então não adianta chorar pelo final (não tão feliz assim). O interessante de “Você Nem Imagina” é a forma como os personagens se desenvolvem, além de relatar pequenas histórias reais, que podem acontecer com qualquer um.

Assista ao trailer do filme:

Comenta ai :]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.