Você Precisa Ouvir: Christine And The Queens – “La Vita Nuova” (Crítica)

Neste ano de 2020 tiveram tantos lançamentos incríveis na indústria da música que fica até difícil de acompanhar tudo e um dos trabalhos que passaram despercebidos foi o EP “La Vita Nuova” da francesa Christine And The Queens, lançado no mês de fevereiro.

Este é o segundo EP da cantora, que conta com uma discografia bem recheada até, Christine tem dois álbuns lançados entre os anos de 2016 e 2018 e duas peças extendidas, contanto com essa. A artista entrou em evidência mesmo após trabalhar com Charli XCX em seu disco “Charli” de 2019.

Nota:

8,0

O mini álbum foi lançado pela gravadora Because Music e é categorizado como “Alternative/Indie”, mas o ouvindo percebemos que Christine trabalha bem com o Synthpop e uma pitada de EDM. A produção é assinada por ela mesma em colaboração com Ash Workman.

Para a promoção da obra Christine lançou os singles “People, I’ve Been Sad” e “I Disappear In Your Arms”, além disso a cantora investiu em algo que está em alta hoje em dia, que são os álbuns visuais. O curta-metragem que acompanha “La Vita Nuova” estreou em 27 de fevereiro no YouTube” e se passa na famosa casa de ópera Palais Garnier, retratando uma paixão entre Christine e uma criatura infernal chamada “The Faun” (interpretada por Félix Maritaud ). O curta foi dirigido por Colin Solal Cardo e apresenta coreografia de Ryan Heffington.

As composições são o grande forte da obra, que trata de temas bem profundos que envolvem a exposição da artista e a sua maneira poética de amar. São canções de cunho confessional. É interessante perceber que Christine canta em inglês, francês e espanhol.

O disco é aberto com “People, I’ve Been Sad”, que fala sobre sua própria carreira e como ela se manteve distante do estrelato por se sentir pressionada. Ela então canta para seus fãs “Se vocês sumirem, eu sumo também”. O instrumental é neutro e não se modifica tanto.

Em seguida temos a melancólica, porém agitada “Je disparais dans tes bras”, que apesar de ter um título romantizado, fala sobre uma relação tóxica que não tem futuro. Christine canta sobre essa pessoa que só a ama enquanto ainda há o que sugar dela. O arranjo também não apresenta uma grande evolução.

“Mountains (We Met)” é grande balada da obra, trazendo uma melodia bem triste em um tom desesperançoso, Christine canta sobre um relacionamento cuja comuniação é ineficiente e tudo que lhe resta é um término iminente.

Christine and the Queens does Dante | shots

Logo após vem “Nada”, uma canção bem forte com graves bem pontuados. Christine desta vez fala sobre um relacionamento, talvez o memso de antes, cujas partes não estão na mesma sintonia, ou alguém ama de mais, ou ama de menos e isso não dá certo.

O disco é encerrado com a faixa-título, que tem a participação da icônica Caroline Polachek, ex-Chairlift. A canção é inspirada no poema “A Divina Comédia” e nas poesias medievais que se concentram no amor cortês e monogâmico, exatamente o tipo de amor que Christine procura. É a melhor faixa do EP.

Tem uma faixa bônus no EP que é nada mais que uma versão em inglês de “Je disparais dans tes bras”.

Christine provou ser uma grande artista ao decorrer dos anos e além de tudo ainda é poliglota e está ajudando a glamourizar a língua francesa em suas canções. Seu EP é bem pessoal e a forma como ela aborda o relacionamento que viveu é muito direta e ao mesmo tempo poética, criando uma boa comunicação com seu público e uma excelente identificação também.

Ouça na íntegra:

Christine and the Queens divulga EP surpresa com curta-metragem

Um comentário sobre “Você Precisa Ouvir: Christine And The Queens – “La Vita Nuova” (Crítica)

Comenta ai :]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.